Skip to content

A estrelinha mais brilhante do céu

14/05/2013

bobbyphoto

“Bem do ladinho do céu, existe um lugar chamado ponte do arco-íris. Lá existem riachos e colinas, para que todos os nossos amigos possam correr e brincar juntos. Tem muita comida, água e sol, e nossos amigos estão quentinhos e confortáveis. Os animais estão felizes e contentes, exceto por uma coisinha: cada um deles sente falta de alguém muito especial, que teve que ficar para trás. Todos correm e brincam juntos, mas chega o dia quando um subitamente para e olha para longe. Seus olhos brilhantes estão atentos; seu corpo treme de ansiedade. De repente ele começa a correr para longe do grupo, voando sobre o gramado verde, suas pernas indo mais e mais rápido. Você foi avistado, e quando você e o seu amigo finalmente se encontrarem, vocês se abraçam numa reunião feliz, para nunca serem separados novamente. As lágrimas chovem sobre o seu rosto; suas mãos afagam de novo a cabecinha amada, e você pode olhar mais uma vez nos olhos confiantes do seu amigo, ausentes há tanto tempo da sua vida, mas nunca longe do seu coração. Aí vocês cruzam juntos a Ponte do Arco Íris…”

Hoje o meu anjinho seu foi. Um dos momentos mais temidos da minha vida. Meu companheiro desde que me conheço por gente, esteve ao meu lado por quase 15 anos. Um olhar tão profundo, que nos decifrava, um amigo incondicional. Aquela presença, que mesmo silenciosa, me aquecia e me confortava. Só de saber que ele estava ali, tudo parecia estar bem. Ele me fazia perceber que muitas vezes era isso que bastava – um bem estar sincero, amigo, e sem exageros. Fizemos de tudo para que ele continuasse conosco, mas como todo ser vivo precisa evoluir, ele partiu e deixou um vazio enorme no meu coração. Vazio que jamais será preenchido, porque ele levou um pedaço de mim.  Pedaço esse que jamais será substituído.

bobby2photo

Ao longo desses 15 anos, vivemos um conto de fadas, cheios de histórias para contar. Meu anjo nunca adoeceu, exceto nos seus últimos dias. Foi rápido, doloroso, mas senti que ele estava nos preparando para este momento. Um dia antes, ele veio até mim, e ficamos em silêncio, como uma despedida. Senti como se fosse a última vez que teríamos um momento como aquele – e como chorei naquela noite.

Não sei se conseguirei olhar para outros cães sem sentir uma dor inconsolável, nem sei como vou lidar com os seus pequenos pertences. Mas acho que ele merece uma bela homenagem, para que as pessoas consigam perceber o quão importante ele foi, e ainda será. Se eu conseguir passar 1/3 do amor que ele nos deu, já fico feliz e com a sensação de tarefa cumprida.

Quero dizer que alguns anjos não possuem asas – alguns possuem quatro patas, um corpo bem peludo, narizinho gelado, orelhas de atenção, olhar de carência e aflição. E apesar de serem assim, são tão anjos quanto os outros (aqueles com asas) e se dedicam a cuidar tanto quanto qualquer outro anjo costuma dedicar-se. Meu anjo veio ao mundo nos ensinar o amor. Nos ensinar o valor da amizade sem pedir nada em troca, a afeição sem esperar retorno, a proteção sem ganhar nada e a fidelidade 24 horas por dia. Que bom seria se todos os humanos pudessem ver a humanidade perfeita de um cão.

bobby3photo

Um trecho do livro “Marley e Eu” resume bem esse amor: “Um cão não precisa de carros, palacetes ou roupas de grife. Símbolos de status não significam nada para ele. Um pedaço de madeira encontrada na praia serve. Um cão não julga os outros pela sua cor, credo ou classe, mas por quem são dentro. Um cão não se importa se você é rico ou pobre, educado ou analfabeto, inteligente ou burro. Se você lhe der seu coração, ele lhe dará o dele. É realmente muito simples, mas mesmo assim, nós humanos, que possuímos tanto conhecimento e sofisticação, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não”.

Meu bebê, vou sentir um vazio imenso todos os dias ao não te encontrar brincando no jardim, e vou sentir falta do seu rabinho abanando para mim. Você deixou nossos corações doendo tanto que achamos que não iriamos suportar. Mas seu amor nos ensinou que a presença física não importa. Você sempre estará conosco, e nunca vamos esquecer do seu olhar profundo cor de jabuticaba. Você é nosso bebê eterno. E nos aguarde, porque um dia iremos nos encontrar. E cruzaremos juntos a eterna ponte do arco-íris.

Anúncios
16 Comentários leave one →
  1. 14/05/2013 1:39 AM

    Não tem como não se emocionar Dani. Sinto muito :(
    um beijo

  2. 14/05/2013 1:50 AM

    Dani, que lindo que ele era!

    Desejo que Deus console o seu coração e que esta dor logo logo se transforme em uma boa saudade!

    Beijão :)

  3. Marilise Heinig permalink
    14/05/2013 1:07 PM

    Sinto muito por sua perda. Sei exatamente o que vc esta passando, pois tive um cocker bem parecido com o seu que se foi em 2008 e ainda tenho a filha dele que agora está com 13 anos, sei que logo vou perde- la e nunca estamos preparados para este momento tão triste.
    Por isso realmente sei o que vc esta sentindo, mas tenha força, ok.

  4. 14/05/2013 1:46 PM

    que lindo!!! nossa tenho um igualzinho que se chama tobby! é meu amor tbm…. nossa
    chorei mt quando li!!!! com certeza vcs vão se encontrar novamente!!

  5. Maria de Lourdes Soares permalink
    14/05/2013 1:53 PM

    obrigada por ter conseguido colocar sentimentos em palavras, a três anos meu bebê nos deixou, a dor ainda é enorme, mas sua mensagem me trouxe consolo….também era um coocker, com o mesmo olhar e o mesmo imenso amor. Que Deus te dê paz no coração e força para seguir em frente…. um grande beijo para você e sua família

    • 14/05/2013 4:07 PM

      Muito obrigada! Fico feliz que a mensagem te trouxe consolo ♥ Escreve-la tbm me deixou melhor! Bjs

  6. 14/05/2013 3:31 PM

    Ahhh Dani, eu sei bem o que você está passando.
    Já perdi dois cachorrinhos e sei como dói. Dói até hoje e já faz um bom tempo. Amo bicho mas acho que não quero criar mais nenhum. A gente se apega de uma maneira incrível.
    Mas o Bobby era lindo e tenho certeza que era bem amado.
    Então não fica tão triste ta.
    Beijo

  7. Bella permalink
    14/05/2013 9:01 PM

    Sinto Muito……..Me lembrei do filme Marley e EU ………e é claro …..chorei:(

    • 15/05/2013 4:37 AM

      Obrigada ♥

      • neide permalink
        18/05/2013 10:33 PM

        Muito lindo! Chorei um monte.Tinha uma grande afeição pelo Bobby.
        Gostei muito de ter cuidado dele por aqueles poucos dias.Ele comia
        a ração na minha mão.Tão fofinho! Vou sentir falta das “conversinhas”
        que tínhamos na cerca…
        Abraço forte prá você e sua família.

      • 19/05/2013 1:57 AM

        Muito obrigada Neide!! Ele faz muita falta ♥ Mil beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: