Skip to content

Float In SPA | Experiência de Flutuação

26/11/2014

DiarioViagemLisboaDaniSchwanke01Experimentar a ausência da gravidade e se isolar completamente do mundo – quem nunca desejou isso? Pois essa é a proposta da clínica Float In, um SPA que visitei em Lisboa recentemente. A ideia, durante uma sessão de flutuação, é bloquear os cinco sentidos entrando em um tanque que simula a densidade do mar morto (com cerca de 300 quilos de sal). Todos os estímulos externos, como a luz, o som, o toque, a temperatura e até a força da gravidade são reduzidos para proporcionar um profundo estado de relaxamento. Observação importante: uma sessão de 60 minutos equivale a cerca de 6 horas de sono!

Para entender melhor, essa técnica foi desenvolvida na década de 50 (pelo neuropsiquiatra americano Dr. John Lilly) em um estudo de privação sensorial no National Institute of Mental Health. Embora seu objetivo fosse isolar ao máximo o cérebro humano dos estímulos exteriores, ele rapidamente percebeu que os flutuários causavam uma imensa sensação de relaxamento. Com o tempo a técnica foi se aperfeiçoando e hoje cerca de 30 países possuem centros de flutuação – alguns, como a Suécia, já apresentam os tanques até em aeroportos! Para alguém como eu, que não desliga nunca, foi uma experiência surpreendente. Confiram algumas fotos abaixo:

Spa-Float-In-Flutuario-Lisboa-Portugal-Blog-Dani-Schwanke-001Assim que cheguei fui recebida com um chá de boas vindas e recebi todas as orientações para minha primeira sessão. Poderia escolher entre o tanque fechado ou o aberto – obviamente escolhi o aberto, já que sofro de certa claustrofobia. Na sala, onde você fica completamente isolada do mundo, só há você e o tanque. O aconselhável, para maximizar os efeitos da flutuação, é flutuar em silêncio absoluto e na mais profunda escuridão. Porém, existem dois botões onde você pode ligar ou desligar a iluminação e o som ambiente – também, obviamente, deixei tudo ligado ;-)

No começo a sensação é estranha, mas logo você se desconecta completamente do momento presente. A sensação de relaxamento é tão grande que logo se perde a noção de tempo e espaço – até mesmo do próprio corpo e mente. Resultado: os 60 minutos ali dentro passam em um piscar de olhos. Para avisar que o tempo acabou (e que, infelizmente, você terá que voltar a realidade), uma luz pisca suavemente.

Logo após fui levada novamente para a sala de relaxamento, onde me apresentaram um menu com diversas opções de chá – a ideia é você ficar um tempo por lá relaxando antes de voltar ao caos do lado de fora. Como fiz um pacote completo, combinamos a sessão de flutuação com uma massagem relaxante. Escolhi o aroma que gostaria e logo fui até a sala começar a próxima sessão. Vale ressaltar: melhor massagem que já fiz na vida!

Spa-Float-In-Flutuario-Lisboa-Portugal-Blog-Dani-Schwanke-002Resultado: sai de lá feliz da vida e completamente renovada (parecia realmente que havia acabado de acordar). Recomendo muito! Para quem se interessou no assunto, encontrei um site bem bacana que explica toda a história dessa técnica (aqui), e para conhecer os inúmeros benefícios que ela dá, também vale acessar esse outro (aqui).

Abaixo segue um vídeo que encontrei sobre um documentário feito a respeito disso:

Gostaram? Não deixem de seguir a fan page deles também ♥

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Tiago Valente permalink
    28/11/2014 10:18 AM

    Cara Daniela,
    Obrigado pela sua simpatia e pela sua publicação. Foi um enorme gosto recebê-la no nosso spa e esperamos poder recebê-la novamente quando regressar a Lisboa.
    Até breve, Tiago Valente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: