Skip to content

Love letter: Uma alma triste (e um adeus)

21/04/2015

love2

Meu amor,

A alegria de um belo céu azul não me comove como comoveria aos outros. Só consigo ver a beleza em um dia cinzento de chuva constante e vento frio.

Talvez porque minha alma é triste. Talvez porque engano-me continuamente ao longo da vida. Talvez eu seja mais uma triste em um mundo que não se enxerga luz na escuridão.

Sem você talvez a tristeza não me habitasse. Mas talvez sem você a alegria não fizesse sentido como a tristeza faz hoje em dia.

Ela dói. Dói porque não consigo não sofrer por ela. E sendo assim, vivo em constante solidão.

Mas não o culpo.

Culpo somente a mim, que engana-se que algum dia serás triste ao meu lado.

Você me engana, se engana, e continuamos enganados.

Porque você, meu amor, enxerga a luz onde não há em meu mundo. E talvez seja por isso que doa tanto. Porque jamais seremos tristes juntos.

Sua

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: